Bomba: Governo da Paraíba compra equipamento de quase meio milhão para detectar escutas

O temor de estar sendo grampeado  chegou ao Palácio da Redenção. A Polícia Militar do Estado da Paraíba (PMPB) adquiriu em 3 de julho deste ano, pelo valor de R$ 424.500,00, um equipamento extremamente sensível (detector de junção não linear) que permite o rastreamento de escutas ambientais. No site da própria empresa que comercializa o…Continue lendo Bomba: Governo da Paraíba compra equipamento de quase meio milhão para detectar escutas

Milanez Neto sobre arapongagem: “o pior é o uso fora de contexto para destruir imagens”

O líder do prefeito, Luciano Cartaxo (PV), na Câmara Municipal de João Pessoa, Milanez Neto (PTB), disse na tarde de hoje (03) não estar preocupado com as gravações, supostamente produzidas por um esquema de arapongagem na capital, mas com o uso fora de contexto dos áudios para denegrir imagens. “Eu tenho preocupação com o uso…Continue lendo Milanez Neto sobre arapongagem: “o pior é o uso fora de contexto para destruir imagens”

“Grampolândia paraibana”: a burrice que precede a nulidade

Quem nunca desejou saber o que falam os outros entre quatro paredes? A curiosidade é natural do ser humano, mas o que transforma o inocente desejo de saber o que se passa na vida do vizinho para o crime de arapongagem? Em linhas gerais entende-se que gravar uma seja crime quando “a conversa é de…Continue lendo “Grampolândia paraibana”: a burrice que precede a nulidade

Áudio contra Cartaxo não pode ser usado como prova

A informação é do colunista do Jornal da Paraíba, Suetoni Souto Maior, que ouviu o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPPB, Octávio Paulo Neto. O promotor “explicou que nestes casos dois pontos precisam ser analisados. É preciso aferir a legalidade e a legitimidade do áudio. Não se…Continue lendo Áudio contra Cartaxo não pode ser usado como prova