Fundação Cidade Viva está no 4º mês do “Projeto Cesta Básica”

Voltado às comunidades carentes de oito cidades da Paraíba, a Fundação Cidade Viva deu continuidade em julho ao quarto mês do “Projeto Cesta Básica”, que integra o Plano de Ação Social da Igreja para arrecadação de alimentos. O objetivo dessa ação é minimizar o sofrimento de famílias paraibanas vulneráveis durante a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

A campanha consiste em doações, por meio de depósito bancário ou doação presencial, de três modelos de cestas básicas, com valores diferentes. As contribuições podem ser feitas por toda a sociedade paraibana em uma das nove Igrejas Cidade Viva.

Para os que preferem fazer a entrega da cesta básica há dois locais para o recebimento em João Pessoa. No Centro de Convenções Cidade Viva, localizado no bairro Aeroclube (no horário de 7h às 18h) ou na Cidade Viva Zona Sul, no City Park, no bairro Valentina Figueiredo (das 7h às 19h).

Para a doação por meio de transferência bancária estão disponibilizados três valores de cestas: R$ 72,19; uma segunda no valor de R$ 46,19 e a terceira de R$ 25,19. Para essa doação a Fundação Cidade Viva disponibilizou uma conta no banco Bradesco (agência 1104-5 e conta corrente 10-8) com o número do CNPJ: 09.491.298/0001-54. Mais detalhes sobre a doação estão no link https://cidadeviva.org/noticias/novidades/opcoes-para-doacao-de-cestas-basicas.

Balanço da Pandemia – Nesses três meses centenas de família foram beneficiadas com a doação das cestas básicas. Foram 25 toneladas de alimentos levados para onze comunidades carentes localizadas em oito cidades da Paraíba (João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Conde, Santa Rita, Sapé, Cruz do Espírito Santo e Campina Grande). Todas as famílias são cadastradas.

Além das famílias, outras instituições e entidades paraibanas foram atendidas por meio de ações da Fundação Cidade Viva. Foram máscaras e produtos hospitalares levados para o Hospital Napoleão Laureano e São Vicente.

Instituições de Longa Permanência de Idosos e de apoio às famílias com integrantes portadores de câncer receberam máscaras, produtos hospitalares, de higiene e de limpeza, além de alimentos e cestas básicas.

Protetores faciais foram doados ao Instituto de Perícia da Polícia Civil da Paraíba e máscaras à Polícia Militar. Já a Associação dos Catadores de Recicláveis de João Pessoa recebeu máscaras, luvas nitrílicas e alimentos.

Quatro mil litros de leite foram para doados ao projeto “Leite Fraterno” do Ministério Público Federal – Procuradoria da República. Foi realizada doação financeira para uma instituição filantrópica, com trabalhos voltados às crianças e adolescentes. E também por meio da Igreja Cidade Viva foram doadas milhares de quentinhas para moradores em situação de rua.

Ações sem recurso público – Todas as ações sociais da Fundação Cidade Viva são realizadas sem qualquer recurso público. Os trabalhos são realizados por meio da doação e investimentos de membros e amigos da Igreja Cidade Viva, entre outros voluntários.

Fonte e fotos: Ascom Cidade Viva

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta