O alerta de Octávio Paulo Neto: “Neste país só quem não pode pagar, fica preso”

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Octávio Paulo Neto, postou o seguinte texto na manhã desta quinta-feira (13) em suas redes sociais.

“Um retrato, recorte , sobre o labirintar lúdico processual… Neste país só quem não pode pagar, fica preso ….. Pior são os pseudos filosofos e suas alegorias narrativas que tentam justificar os maiores absurdos processuais sob a alegação do pleno exercício de um direito… como se não existisse direito a segurança… a vida … ao patrimônio e principalmente ao futuro ….

Enquanto isso a corrupção apodrece todos os alicerces de nosso país… consome nossa esperança…. Enquanto isso poucos se refestelam e gracejam ….”.

O texto do principal responsável pela Operação Calvário, na verdade é legenda para um vídeo em que o presidente do Supremo Tribunal federal (STF), Dias Toffoli, cita uma peça jurídica de um recurso absurdamente longo.

Veja baixo.

Deixe uma resposta