Para coordenador do Gaeco Lei do Abuso de Autoridade vai servir para “covardes justificarem omissões”


O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na Paraíba, Octávio Paulo Neto, postou texto em suas redes sociais em que trata da “famigerada Lei de Abuso de Autoridade”, aprovada na Câmara e Senado e que aguarda sanção ou veto do presidente Bolsonaro.


Leia:

“Pelo visto … Com o advento do projeto de lei de abuso de autoridade … Muitos que defendem bandido irão agora ter justificativa para seu ócio remunerado …. Será um grande exercício de coragem cumprir nosso dever … Mas pros covardes uma grande oportunidade de justificar suas omissões ….

E para os corruptos, homicidas e seres de toda espécie uma arma para fustigar várias iniciativas… Não que o projeto não tenha sua necessidade, mas a falta de uma séria discussão , coadjuvada por tipos abstratos, carrega consigo a imprecisão do seu emprego…”

Como eu já disse, veta, Bolsonaro!

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta