Sem coragem de citar Moro e Deltan, Ricardo pede que STF afaste “quem manipulou a Justiça”; internautas rebatem


O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), usou sua conta no Twitter, na noite de ontem (09) para atacar a Força Tarefa da Operação Lava Jato,  mas não teve coragem de citar nominalmente e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procurador, Deltan Dallagnol.

“O STF precisa agir para salvar o Sistema Judiciário. Afastar das suas funções e processar quem formou uma orcrim para manipular a justiça, quebrar a economia do País, prender o melhor Presidente da nossa história sem provas e eleger um perigoso despreparado para governar o Brasil”, disse o ex-governador.

Ainda sem dar “nomes aos bois”, Ricardo insinuou que o “modus-operandi” da Lava Jato teria “contaminado o País”. “O Brasil foi contaminado com esse modus-operandi que negligencia os direitos fundamentais da pessoa e coloca em risco o Estado de Direito. É preciso recuperar a sobriedade na Justiça e punir, após a devida investigação, os que atentaram contra a Justiça, usando-a para outros fins”.

Veja abaixo a reação dos internautas a postagem de Ricardo.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta