Waldson diz que deixa gestão para garantir governabilidade

O ex-secretário de Planejamento do Governo do Estado, Waldson de Souza, emitiu nota para informar que sua decisão de pedir exoneração do cargo foi  “fomentada pelo bom senso, …, e desprendimento pessoal”. Ele também destacou que se trata de uma decisão  “sensata para a garantia da Governabilidade”. Veja abaixo a nota

Aos amigos de toda Paraíba.

Venho por meio desta mensagem, e após pedido de Exoneração do Cargo de Secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão ao Governador João Azevedo, informar que a decisão de afastamento das minhas funções públicas neste dia 30 de abril, é medida fomentada pelo bom senso, boa fé e desprendimento pessoal.

Esclareço ainda que durante toda a minha vida pública, a frente das Secretarias de Estada da Saúde; Desenvolvimento e Articulação Municipal e a partir de 2016, Planejamento, Orçamento e Gestão, conduzi as minhas responsabilidades com dedicação, muito trabalho, zelo pela função pública e pelo erário.

Na sequência de tal justificativa, não poderia deixar de agradecer tamanha honraria a mim confiada pelo Ex-Governador Ricardo Coutinho e pelo atual Governador João Azevedo.

Expresso ainda, um imenso agradecimento aos meus familiares, amigos e companheiros de trabalho que me conhecem como pessoa, como gestor e sabem quanto tempo de minha vida foi dedicado exclusivamente ao exercício das funções que desempenhei.

Ao povo paraibano, aos gestores municipais e estaduais a minha mais pura e profunda gratidão pelo respeito e confiança ao longo destes anos.

Inobstante a isso, e em total desapego, atesto que meu afastamento das funções de Secretário de Estado, a priori, é medida sensata para a garantia da Governabilidade da Paraíba e necessária para a comprovação de minha proba conduta e da licitude dos meus atos praticados no exercício de todas as funções até aqui desempenhadas.

Gratidão a todos e todas. Seguiremos na grande e boa luta!

João Pessoa, 30/04/2019

WALDSON DIAS DE SOUZA

Deixe uma resposta