PSB exclui aliados de Galdino de reuniões estratégicas, indica entrevista de deputada

Diante o “bombardeio” que atingiu o governo da Paraíba, após revelações feitas no âmbito da Operação Calvário, deputados alinhados com o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), andam sendo “barrados em reuniões estratégicas do partido. Pelo menos é o que indicou entrevista da deputada estadual, Pollyana Dutra (PSB), deu a entender que a cúpula girassol, sobretudo o ex-governador Ricardo Coutinho não engole até hoje a vitória de Adriano Galdino sobre Hervásio Bezerra, na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa.

A parlamentar se queixou na manhã desta terça-feira (21), após não ser convidada para uma reunião com o governador João Azevêdo (PSB), ontem, na Granja Santana.

A deputada acredita tudo isso é fruto de ‘retaliação’, não só a ela, mas, também, ao presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Adriano Galdino (PSB). “Ninguém pode simplesmente isolar o presidente e uma deputada por ter votado no deputado Adriano Galdino, por ter tido uma escolha aqui no parlamento. Aqui é um Poder constituído e temos a possibilidade de fazermos nossa escolha. Não podemos ser retaliado a vida inteira”, disse Pollyana Dutra.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta