Julian Lemos se diz espantado com “censura” imposta pelo STF


O deputado federal, Julian Lemos (PSL/PB), se disse espantado com as decisões proferidas pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes, que determinou que a revista Crusoé e o site O Antagonista tirassem do ar textos que associam o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, à Odebrecht.

“Repudio qualquer tipo de censura e não falo isso da boca pra fora. eu acredito  que tão danoso quanto o aparelhamento da média é a censura”, disse Julian.

O parlamentar disse esperar ainda que o congresso possa responder este ataque a liberdade de expressão. “Repudio este tipo de ações do Supremo e espero que o Congresso Nacional dê a resposta”, alertou.

“Vejo isso com espanto! Não esperava que chegasse a tanto”, desabafou.

Deixe uma resposta