Deu no G1: João Pessoa é capital brasileira com melhor transparência de gastos na Covid-19, indica ONG

Um ranking feito pela Organização Não-Governamental (ONG) Transparência Internacional classificou João Pessoa como a capital brasileira com o melhor índice de transparência de gastos feitos com compras e contratações emergenciais por conta da pandemia do coronavírus. A capital paraibana atingiu a nota máxima de acordo com a metodologia que via de 0 a 100, com a transparência considerada ótima. 

A classificação é feita a partir de publicações em redes sociais e sites oficiais, a exemplo do portal da transparência, com demonstrativos de investimentos públicos. João Pessoa havia alcançado a primeira colocação nacional no mesmo levantamento feito em maio deste ano, com nota 88,6. O desempenho no mês de junho apresentou uma melhoria nos mecanismos e a cidade cresceu mais de 11 pontos nas medidas de controle e fiscalização da cidade. 

O resultado indica que João Pessoa é a capital que melhor está cumprindo as exigências da Lei Federal nº 13.979/2020, que regulamentou as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo Coronavírus. Apenas 08 capitais brasileiras alcançaram desempenho considerado ótimo. Manaus e Macapá obtiveram o segundo e o terceiro lugares, com notas 94,9 e 93,6, respectivamente. 

No ranking, 18 capitais tiveram desempenho considerado como bom, regular, ruim e péssimo. Com sede em Berlim, a Transparência Internacional tem atuação em mais de 100 países, sendo apontada como a principal entidade de combate à corrupção no cenário global. Desde 2016, a organização passou a atuar com espaço próprio no Brasil, formado técnicos e especialistas no setor. 

Paraíba

No ranking feito por estados, a Paraíba aparece com nível de transparência classificado como “bom”, com um nota avaliada em 65,8, a mesma pontuação atingida no ranking anterior. A não evolução nos critérios de transparência deixou o estado no 22° lugar juntamente com o estado de Sergipe.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta