Vade-retro: Raoni Mendes descarta interesse em aliança com PT

O pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Raoni Mendes, comentou, na tarde desta segunda-feira (9), a declaração da presidente do PT, Giucélia Figueiredo, que impôs como condição de participar da aliança com Governo do Estado a exclusão do DEM.

Raoni destacou que a pré-candidatura única oficializada até o momento, não será fruto de conchavos. “Ainda por cima, envolvendo o Partido dos Trabalhadores e seus coadjuvantes, principal partido envolvido na Operação Lava Jato”, disse.

Ele destacou que “Em termos da pré-candidatura, nosso diálogo no momento é com as pessoas que desejam a melhoria nos serviços públicos da cidade de João Pessoa. Não sou contra alianças políticas, mas o principal neste momento é estar conectado à vontade dos pessoenses que desejam uma gestão eficiente.
Ademais, aprovo o governo Bolsonaro. E faço questão de destacar atuação do ministro Sérgio Moro na luta contra a corrupção que a última gestão petista produziu no país”, destacou Raoni.

“Estou pré-candidato a prefeito de João Pessoa para fazer o que muitos tiveram a chance de fazer e não fizeram. E digo mais: não é apenas fazer. É com seriedade e ética. O apoio decisivo vem de Deus e dos homens de bem dessa cidade”, finalizou Raoni.

.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta