Sem mandato, Cássio ainda é mais atuante que bancada paraibana no Senado; gostem ou não…

Os senadores José Maranhão, Daniella Ribeiro e Veneziano Vital fazem juntos o que pode se chamar de um mandato no mínimo discreto. Com presença praticamente invisível nos grandes debates nacionais os três conseguem aparecer menos que um ex-senador – Cássio Cunha Lima (PSDB).

Nunca é demais lembrar que em 4 de dezembro de 2019 o presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, promulgou a Emenda Constitucional nº 104/2019 que incorporou os agentes penitenciários no cargo de polícias penais. Esta emenda foi de autoria de Cássio Cunha Lima, sem falar na sanção presidencial, em janeiro deste ano ao Projeto de Lei 186/2015, que estabelece limite mínimo de aquisição de leite de pequenos produtores no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). De acordo com a Lei 13.789, de 3 de janeiro de 2019, o limite mínimo para a compra direta dos pequenos produtores familiares é de 35 litros diários.

Por fim a Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado Federal concluiu na última terça-feira (10) a votação do novo marco regulatório do setor elétrico (PLS 232/2016). O projeto também é de autoria do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), e abre caminho para um mercado livre de energia, com a possibilidade de portabilidade da conta de luz entre as distribuidoras.

A matéria está em análise da Câmara dos Deputados.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta