Merecemos os governantes que temos

Sabe aquela máxima, cada povo tem o governo que merece? Pois é! Trata-se de uma verdade quase que absoluta e no caso da Paraíba, com todo respeito ao meu amado povo, é um fato.

Após ouvir dezenas de áudios em que o ex-governador, Ricardo Coutinho (PSB), negociava até 13º salário de propina, nos deparamos com “jornalistas” defendendo a liberdade do “mago” sob o manto do Estado Democrático de Direito. Lembro que este mesmo Estado de Direito permite que mais de 30% da população carcerária seja formada por gente que não foi julgada nem em primeira instância, mas o que será que faz estes milhões de brasileiros serem mantidos em prisão provisória, enquanto os “girassóis” seguem em liberdade? Dinheiro! Simples assim… O mesmo dinheiro que compra a gratidão de membros da imprensa e do Judiciário.

É mentira dizer que Ricardo foi inocentado de qualquer coisa. Ele é réu em um inquérito que apura o maior caso de corrupção da Paraíba, sem falar que é investigado por homicídio. Ou esqueceram a morte do pobre Bruno Ernesto? Se ele é culpado ou inocente neste assassinato a Justiça ainda não disse, mas no primeiro caso a prova mais contundente é a própria voz de Ricardo, que continua livre como boa parte dos políticos flagrados com a mão na botija.

E se for candidato? Nas últimas horas alguns militantes chegaram a ousadia de defender o nome do ex-governador para a prefeitura de João Pessoa. Que acho disso? Já disse no título desse artigo e sinceramente acho que a capital da Paraíba merece no mínimo honestidade.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta