Presidente do STF encaminha pedidos de habeas corpus de Coriolano Coutinho e mais 2 presos na Calvário para relator e decisão fica para fevereiro

Os pedidos de habeas corpus de Coriolano Coutinho, Gilberto Carneiro e Waldson de Souza, presos na Operação Calvário, só deverão ser analisados no início do mês de fevereiro, pelo relator ministro Gilmar Mendes.

O presidente do Supremo Tribunal Federal,  Dias Toffoli, cujo gabinete estavam os pedidos, despachou neste sábado, determinando o encaminhamento dos habeas corpus ao gabinete do ministro relator Gilmar Mendes.

“O caso não se enquadra na hipótese de atuação excepcional da Presidência . Encaminhem-se os autos ao gabinete do eminente ministro relator para análise oportuna”, diz o despacho do presidente

Foi o último dia do ministro Dias Toffoli a frente do gabinete da presidência do STF, tendo em vista que amanhã assumirá temporariamente essa condição o ministro Luiz Fux, que ficará de amanhã, dia 19, até o próximo dia 29.

Do Blog de Marcelo José

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta