Negociando com a Justiça: Burity diz em delação que Ricardo pagou R$ 400 por arquivamento de ação no TSE

O ex-secretário do governo da Paraíba, Ivan Burity, apontado pelo MPPB e pela Polícia Federal como operador do núcleo financeiro da quadrilha que drenava recursos da saúde e educação na Paraíba, disse em delação premiada, no âmbito da Operação Calvário que o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) teria pagado R$ 400 mil a um advogado para que o mesmo agisse junto a mais alta Corte Eleitoral do País (TSE) para que o mesmo não fosse condenado.

Em trecho de matéria publicada pela revista Crusoé, a reportagem revela: “Ivan Burity contou que Ricardo Coutinho pagou R$ 400 mil a um advogado do Rio de Janeiro em um esforço para obter decisão favorável no TSE – o processo acabou arquivado por 6 votos a 1”.

Com Crusoé

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta