Ricardo solto (por enquanto…): Maria Thereza joga Calvário nas costas de Laurita Vaz e decisão fica pra fevereiro


A vice-presidente do STJ, Maria Thereza de Assis Moura, rejeitou um pedido da PGR para reverter a decisão que soltou Ricardo Coutinho e mandá-lo de volta para a cadeia.

Afirmou que, pelo regimento do STJ, não pode analisar recursos no plantão e que a decisão, portanto, caberá à relatora do caso na Corte, Laurita Vaz, que só volta do recesso em fevereiro.

Deixe uma resposta