Justiça atende decisão da ALPB e deputada presa por corrupção é solta, mas vai cumprir medidas cautelares

Mais cedo, a parlamentar participou de audiência de custódia com os detidos na operação, mas foi encaminhada para o  Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão até a decisão final do desembargador Ricardo Vital. A notificação da ALPB chegou ao TJPB na manhã de hoje, mas a apreciação do desembargador aconteceu no período da tarde.

Um oficial de Justiça ficou responsável por apresentar o alvará de soltura à autoridade policial. Apesar de concordar com a decisão da Assembleia, a Justiça impôs algumas medidas cautelares, que deverão ser observadas pela deputada, dentre elas, a proibição de frequentar repartições públicas, sem prejuízo da atividade parlamentar. Ela também não poderá manter contatos com outros investigados da Calvário. A deputada também foi proibida de se ausentar do estado por um período maior que uma semana e terá que se recolher à noite.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta