Dom Aldo e as Fake News

Não importa se você gosta ou não de uma pessoa, espalhar uma mentira sobre alguém é abominável sob todos os aspectos. No fim da tarde de ontem (10) uma notícia mentirosa dando conta da morte do arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, ganhou rapidamente os aplicativos de mensagens e logicamente muitas pessoas acreditaram.

Foi preciso o próprio Dom Aldo, que recentemente passou por graves problemas de saúde, desmentir os boatos, mas qual o motivo de inventar uma notícia como essa?

O que chamamos de atualmente de Fake News sempre existiu e ao contrário do que muitos possam imaginar QUASE SEMPRE existe uma causa para a disseminação de notícias falsas. Em geral se busca duas coisas: plantar a semente de uma ideia (testar um conceito) ou desviar o assunto. Ou seja, há ocasiões em que alguém quer tirar o olhar das pessoas de um fato concreto para que percam seu tempo debatendo uma mentira.

Se o que aconteceu ontem foi “apenas um trote” ou algo de caso pensado, vamos ficar sabendo em breve, mas independente da causa o ocorrido reforça a necessidade da checagem cuidadosa dos fatos em tempos de jornalismo on-line, onde mentiras muitas vezes são publicadas sem qualquer cuidado.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta