Calvário: movimentação no STJ deixa girassóis de cabelo em pé


Ao contrário do que muitos esperavam a ministra Laurita Vaz não parece estar muito disposta a esperar o fim do recesso forense para despachar sobre o recurso impetrado pela Procuradoria Geral da República (PGR) no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Pontualmente às 16h30 a liminar solicitada pelo ex-secretário, Waldson de Souza, foi negada e logo em seguida às 16h45 foi feito um pedido de informações ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Na sequência, às 16h58 a ação do ex-governador se encontrava pronta para despacho de relatora, Laurita Vaz.

A movimentação caiu como uma bomba entre os aliados de Ricardo e da prefeita do Conde, Márcia Lucena.

1 comentário em “Calvário: movimentação no STJ deixa girassóis de cabelo em pé

  1. os homens de bem, que querem justiça esperam que todos ladroes ja devidamente qualificados sejam presos e devolvam o dinheiro roubado que fez tanta falta e chegou a matar varias pessoas por falta de atendimento medico.portanto cadeia neles.

Deixe uma resposta