Arrogante até o fim II: Estela tenta corrigir juiz e diz que quer ser “julgada pelos seus pares”

A cena poderia ser cômica, se não fosse trágica. A deputada estadual, presa no âmbito da Operação Calvário VII, Estela Bezerra, chegou a tentar corrigir o juiz, Adilson Fabrício, durante audiência de custódia na manhã desta quarta-feira. “Eu gostaria que o senhor corrigisse as suas palavras durante o seu relato”, disse Estela quando o juiz a explicava que a mesma não será julgada por seus pares na Assembleia Legislativa por se tratar de um crime comum.

Mostrando indiferença diante dos ritos processuais a deputada questionou até “que sentido tem uma cautelar”.

Veja o vídeo:

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta