Julgamento de Gilberto Carneiro foi suspenso devido a “ausência de intimação“

A audiência de instrução e julgamento do ex-procurador Geral do Estado da Paraíba, Gilberto Carneiro, Acabou sendo cancelada na tarde de ontem (18), gerando uma série de especulações.

Carneiro é réu por crime de peculato e o processo foi remetido para o Gaeco (Ministério Público da Paraíba). 

A verdade é que devido a um lapso da Vara, uma intimação indispensável ao processo não foi feita, o que gerou o adiamento.

Gilberto responde pelo crime de peculato, junto com a ex-assessora Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro, presa na Calvário 5, e que fechou acordo de delação premiada. Laura confirmou que, com a concordância de Gilberto, recebia remuneração como assessora sem trabalhar, para se dedicar a atividades delituosas. O total da ação supera R$ 112 mil.

Deixe uma resposta