Prefeitura de Conde apresenta indícios de crimes tributários e inquérito policial é instaurado

A coisa não anda muito boa no município do Conde/PB, basta dizer que a Prefeitura é suspeita de ter protagonizado diversas irregularidades referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do município.

A confusão começou após denúncias feitas por um morador na Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor). Cobranças com alíquotas indevidas, aumento de área territorial de maneira irregular para basear cálculos, além de documentos com indícios de falsificação, são algumas das suspeitas que recaem sobre a edilidade.

Conforme o delegado Allan Murilo Térruel, um inquérito policial foi instaurado para investigar esses indícios que apontam para supostos crimes tributários. “Estamos trabalhando com um possível crime de excesso de exação. Inicialmente, o estudo caminha para apurar um possível cometimento deste crime. Os principais pontos são as alíquotas do IPTU de Conde e as correções dos valores venais”, afirmou Terruél.

Deixe uma resposta