Apontada como dona de empresa investigada na Calvário, atriz global nega envolvimento


Apontada em decisão judicial como dona de uma editora investigada na Operação Calvário do Gaeco/MPPB, a atriz Mayana Neiva, por meio de sua assessoria de imprensa, divulgou nota onde diz que nunca atuou como empresária e deixou sociedade com a irmã há três anos.

Confira a nota:

A atriz Mayana Neiva tem sua vida profissional toda dedicada à arte e a cultura, com atuações consagradas em novelas, séries, filmes e peças teatrais.

Recentemente foram veiculadas notícias caluniosas relacionando a atriz com a Operação Calvário, na Paraíba.

Ela apenas figura como sócia de uma editora de livros que está entre os negócios de sua família.

Repudiamos estas notícias que estão sendo divulgadas por parte da mídia local sem quaisquer cuidados essenciais em uma apuração jornalística e afirmamos que já estão sendo adotadas medidas judiciais cabíveis, tanto cíveis quanto criminais.

Agradecemos as manifestações de apoio e carinho dos fãs de Mayana, que sabem do trabalho íntegro, profissional e sempre correto que ela desempenha em toda sua trajetória.

Deixe uma resposta