Ricardo Coutinho não rompe com ninguém, nem João Azevedo…

Como o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), gosta de repetir publicamente, ele não rompe com ninguém. Isso porque, para se afastar definitivamente de um aliado é preciso justificar o movimento e o “mago” não gosta de se expor. Prefere o clima de guerra fria.

Já o governador João Azevedo é uma “cria de Ricardo” e portanto conhece ou deveria, pelo menos, conhecer a cabeça de Coutinho. Considerando estas variáveis é possível prever que ninguém vai romper até que seja inevitável. João não quer parecer desleal, já RC precisa botar a culpa em alguém. 

Enquanto não rompem, a guerra fria é útil para os “novos convertidos” do governo que se alimentam no caos e para o baixo clero que busca discretamente sobreviver ao confronto.

O problema é que por mais que tenham motivos para se separar, Ricardo e João estão unidos pela Operação Calvário… Ou seja, ninguém solta a mão de ninguém, mesmo que queira.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta