Marcos Vinícius admite pela 1ª vez que pode disputar PMJP

O site Paraíba Rádio Blog do jornalista Thiago Moraes trouxe na tarde desta sexta-feira (02) uma novidade na disputa pela Prefeitura de João Pessoa para 2020, a provável candidatura do ex-presidente da Câmara da capital, Marcos Vinícius (PSDB).

Leia a matéria.

Defendendo que “todo grande partido deve se colocar como protagonista” o vereador Marcos Vinícius (PSDB), é um dos defensores de que sua legenda lance um nome para disputar a prefeitura da capital em 2020. E mais, não descarta ser o candidato do partido se existir “um ânimo neste sentido”. Ex-presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos teve uma gestão marcada pela melhora da imagem do Legislativo pessoense e imprimiu um ritmo próprio a Casa Napoleão Laureano. Em conversa com *o blog* o vereador abriu o jogo sobre o que pensa sobre eleições 2020.

Perguntado concretamente se deseja disputar a PMJP, Marcos respondeu: “Este é um assunto que trato com cautela e responsabilidade por diversas razões”, ponderou. “Uma delas é que estamos dentro de um partido que possui excelentes quadros e acho importante que o PSDB tenha um nome na disputa pela capital”. E completou: “Além disso, o prefeito Luciano Cartaxo tem um quadro de auxiliares muito capacitados, devendo ele ser o condutor de um processo para escolher seu candidato, mas se você perguntar se estou à disposição do grupo, é claro que sim, mas acho que é cedo para se definir um nome”, disse.

“No PSDB temos, além do meu nome o do deputado federal, Ruy Carneiro. que é uma grande liderança, o vereador Luíz Flávio, que é o vereador mais antigo do partido, o próprio ex-senador e ex-prefeito, Cícero Lucena, que é um grande amigo e que fez muito por esta cidade, mas fora do PSDB temos nomes como o do secretário Diego Tavares, que é sempre lembrado, o secretário Zennedy Bezerra é um grande nome, além do vereador, Durval Ferreira e do líder do prefeito, Milanez Neto”. E continuou: “Na Câmara temos vários colegas que poderiam representar este grupo, mas acho que independente de ser Ruy, Marcos, Diego, Durval ou quem quer que seja, precisamos focar em um projeto para a cidade, a exemplo do que Luciano vem fazendo ano a ano”, defendeu.

Sobre sua relação com o presidente João Corujinha, Marcos reiterou que é a melhor possível e que este rodízio no comando do Legislativo foi bom para todos, sendo inclusive possível, segundo ele, “chegar a 2020, livre para novos desafios”. “Em 2017 e 2018, meu foco foi direcionado para administrar a Câmara Municipal aproximando o Poder Legislativo da população de João Pessoa e modernizando o processo legislativo, quanto a disputa pela prefeitura não é uma decisão pessoal”. E insistiu; “Não se trata do que penso, acho ou quero, mas de um reflexo de algo maior e a partir de janeiro, pretendo dedicar parte do meu tempo para conversas políticas, para ouvir minhas bases, consultar parceiros, mas, sobretudo, para ouvir pessoas fora da política”.

“Diria também que o ponto fundamental da minha decisão estará na compreensão que preciso ter sobre a vontade do povo de João Pessoa. Se eu perceber que há um desejo majoritário da população da cidade pela minha candidatura e que as condições políticas que acho necessárias serão criadas, existe de fato a possibilidade de que eu dispute a Prefeitura, mas até lá é prematuro fazer conjecturas”, disse o vereador. “A partir de janeiro, isso será objeto das discussões e acho que ninguém deve entrar nesse processo pensando apenas em si, mais que um nome, acredito que nosso grupo precisa de posições firmes para manter João Pessoa no caminho certo e tudo isso certamente passará pelo PSDB, pelo prefeito, Luciano Cartaxo, mas principalmente pelo povo que é quem de fato decide”, arrematou.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta