Deputado quer proibir propaganda de cerveja

Assim como aconteceu aos cigarros, que tiveram sua publicidade proibida através de Lei, o deputado federal, Damião Feliciano (PDT/PB), quer proibir empresas que comercializam bebidas com graduação alcóolica superior a meio grau (a exemplo de cervejas) de realizar qualquer tipo de propaganda dos seus produtos no Brasil.

Damião Feliciano (PDT/PB)

O motivo, segundo a justificativa do projeto, é que “o consumo excessivo de bebidas alcoólicas está entre os fatores que contribuem para diversos malefícios sociais, inclusive os alarmantes números da violência no trânsito no Brasil. Muitos estudiosos afirmam que a propaganda de bebidas alcoólicas contribui para a ampla aceitabilidade social das bebidas alcoólicas, e, desse modo, influencia tanto no primeiro uso quanto no uso continuado dessa substância”.

O projeto prevê ainda “a inclusão de advertências nos rótulos como: “Evite o consumo de álcool durante a gestação” ou “Evite o consumo excessivo de álcool”.

As cervejas estão entre as três maiores anunciantes do País e em caso de proibição tanto o mercado publicitário quanto as empresas de comunicação deverão sofrer um impacto profundo em seus cofres.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta