Calvário: Justiça do RJ liberta empresário após mais uma delação


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), através das 42ª Vara Criminal, concedeu, no fim da tarde desta sexta-feira (9), liberdade ao empresário Roberto Calmon que foi preso na Paraíba durante a primeira fase da investigação da Operação Calvário. 

O empresário teria oferecido colaboração e a mesma teria sido aceita pelo MPPB.

Roberto Calmon ficou detido no presídio Bangu 3, no Rio, desde o dia 14 de dezembro do ano passado. O deputado federal, Eduardo Cunha, e o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, presos na Operação Lava Jato, também estão detidos no mesmo complexo penitenciário. 

A Operação Calvário, que teve início ano passado, investiga irregularidades em contratos entre o Governo do Estado e Organizações Sociais responsáveis por gerir o serviço de saúde, como a Cruz Vermelha no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa Senador Humberto Lucena.

Deixe uma resposta