TCE sendo TCE: Conselheiros multam Amanda em R$ 5 mil, mas aprovam contas do Empreender “com ressalvas”

Chamado por alguns críticos de” Tribunal de Faz de Contas”, o TCE/PB (Tribunal de Contas da Paraíba) decidiu na sessão desta quarta-feira (10) aplicar multa de R$ 5 mil então gestora do do Empreender Paraíba (Programa de microcrédito do governo do Estado), Amanda Araújo Rodrigues, mas por diferença de um voto aprovou as contas com ressalvas.

Remanescente de sessão anterior, as contas do Empreender tiveram como relator o conselheiro Fernando Rodrigues Catão, que chegou a votar pela irregularidade, determinando inclusive a suspensão temporária de novos empréstimos por 90 dias, prazo para apresentar ao TCE a fundamentação legal que embasa o programa, mais multa à gestora. “A saúde financeira do Fundo está exaurida com um índice de inadimplência de 80%”, observou Catão.

Apesar do “buraco” de 80% de inadimplentes, detectado pela Corte do Contas, o conselheiro André Carlo Torres Pontes apresentou divergência e ao final, por maioria, o Pleno decidiu julgar as contas do Fundo Regulares com Ressalvas, multando a então gestora Amanda Araújo Rodrigues (companheira do ex-governador, Ricardo Coutinho), no valor de R$ 5.000,00, com o voto minerva do presidente.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta