Por um voto de diferença, TRE livra Ricardo Coutinho da inelegibilidade, mas condena ex-governador por Conduta Vedada

Deu o óbvio! Por maioria dos votos o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba optou por condenar o ex-governador, Ricardo Coutinho, por conduta vedada na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), relativa ao uso político do programa Empreender-PB nas eleições de 2014, mas a punição da Corte não passou de uma multa de R$ 60 mil.

Diante disso a temida inelegibilidade do ex-governador foi afastada.

Quem descreveu muito bem o placar foi o jornalista Helder Moura, que escreveu: “cinco votos por condenação, sendo três votos pela inelegibilidade mais multa (Beltrão, Sérgio Murilo e Arthur Fialho), dois apenas com multa (Michelini Jatobá e José Ricardo Porto). E houve mais dois votos pela improcedência, ou seja, pela absolvição integral sem multa (Paulo Câmara e Antônio Carneiro de Paiva). Resultado: 4 a 3 contra a inelegibilidade”.

Complicado né? No TSE será mais fácil…

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta