Marcelo Bretas: “Não sei se sou terrivelmente (evangélico), mas sou fiel”

O juiz federal, Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro, falou hoje (18) ao Globo sobre a possibilidade de ser indicado ao STF.

Marcelo Bretas (Foto O Globo)

Perguntado se ele é “terrivelmente evangélico”, como quer Jair Bolsonaro, ele respondeu: “Não sei se sou terrivelmente, mas sou fiel.”

“Se quero ser ministro do Supremo? Olha, não é meu projeto de vida. Agora, sei que ser ministro do Supremo é uma promoção ao topo da carreira. É o auge, o topo, uma honra. Quem ficaria triste com uma promoção dessa?” Avaliou Bretas.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta