Dr. Geraldo Medeiros e seu segundo erro

Médico muito conceituado em Campina Grande, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, tem um grave defeito que poucos conhecem.

Ao diagnosticar a mãe do colunista com um câncer de pulmão, há cerca de 17 anos, deu para sua paciente uma estimativa de vida de 3 dias. Pois é, minha mãe viveu três longos e maravilhosos anos após o “olhar clínico de Dr. Geraldo”.

Na manhã de hoje (01), em entrevista à Rádio CBN tentava fazer a população acreditar que o problema com a Cruz Vermelha se encerra com o fim do vínculo contratual entre governo e Organização Social. Mais uma vez o Dr. Geraldo se engana. Os problemas só começaram…

Para ele não existiu qualquer problema na relação entre governo e Cruz Vermelha, mas apenas entre a O.S. e seus fornecedores. Ou o homem é ingênuo, ou não presta atenção no noticiário local…

Continua péssimo nos prognósticos!

Deixe uma resposta