Braço direito de Ricardo Coutinho, Gilberto Carneiro é réu na Operação Calvário; e agora?

A verborragia do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), que usou a mídia durante fim de semana para reafirmar a licitude dos atos praticados durante sua gestão, começa a desmoronar após a Justiça receber denúncia contra seu homem de confiança, braço direito e ex-procurador Geral do estado, Gilberto Carneiro da Gama, no âmbito da Operação Calvário.

Em despacho que se tornou público nesta terça-feira (30), o juiz substituto da 5ª Vara Criminal, Adilson Fabrício Gomes Filho, recebeu a denúncia do Ministério Público da Paraíba e tornou réus: Gilberto Carneiro e sua secretária Maria Laura Caldas de Almeida, ambos investigados por atuar junto a uma organização criminosa responsável pelo desvio de recursos públicos. Gilberto foi denunciado por peculato e Laura pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Com o anúncio da decisão, na véspera do retorno dos trabalhos na Assembleia Legislativa da Paraíba, a expectativa é que os debates vão seguir a tônica das acusações de corrupção contra aliados do ex-governador, Ricardo Coutinho (PSB), que a esta altura não ousaria mais repetir a frase “ninguém solta a mão de ninguém”.

RECOMENDADO PELO GOOGLE:

Deixe uma resposta