Wellington Roberto presenciou “desabafo” em que Bolsonaro falou em deixar PSL

De “laranjal” a “fogo amigo”, o PSL vem se tornando motivo de dor de cabeça frequente do presidente Jair Bolsonaro, que, segundo o jornal O Globo, teria desabafado em reunião com lideranças do PR o desencanto com a sigla.

A reportagem garante ainda que Bolsonaro foi claro ao dizer que poderá futuramente deixar o partido.

Estavam presentes no encontro: o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o líder do PR no Senado, Jorginho Mello (SC), o senador Wellington Fagundes (MT), o líder do PR na Câmara, deputado paraibano, Wellington Roberto (PB), e o ex-ministro de Dilma Rousseff Alfredo Nascimento.

Em contato com o Blog, Wellington Roberto confirmou a insatisfação do presidente com o PSL. “Isso já é público”, ratificou.

Deixe uma resposta