Temporada de troca-troca partidário se aproxima, saiba quem deve deixar suas legendas

Quem tiver o interesse de disputar o mandato de prefeito ou vereador em um dos 223 municípios da Paraíba, deve seguir a regra de estar filiado a um partido político pelo período de pelo menos um anos antes das eleições, agendadas para 2 Outubro de 2020.

Na hora de escolher qual partido se filiar é que os problemas começam. Basta lembrar que 14 dos atuais partidos não atingiram a cláusula de barreira em 2018 e devem se fundir a outras legendas este ano.

Para completar, com o fim das coligações, os partidos buscam montar estruturas fortes agora em 2019. A consequência é que os atuais vereadores não querem esperar a abertura da janela partidária, em março de 2020, para mudar de partido.

Devem ser extintos: Patriota, PHS, PC do B, PRP, Rede, PRTB, PMN, PTC, PPL, DC, PMB, PCB, PSTU e PCO. Os que insistirem em continuar atuando no Congresso, poderão fazê-lo, mas sem grandes perspectivas.

Na Câmara de João Pessoa pelo menos 5 parlamentares pertencem a partidos que serão atingidos pela nova regra. São eles: Carlão da Consolação e João Corujinha, ambos do DC, Thiago Lucena e Dinho (PMN), além de Helton Renê (PC do B), atualmente no PROCON municipal. Já na Assembleia Legislativa, Chió (Rede), Walber Virgulino (Patriota), Eduardo Carneiro (PRTB) e Inácio Falcão (PC do B), poderão ser levados a mudar de partido.

Revoada no ninho tucano

Outro partido que deve perder muitos filiados em 2019 é o PSDB do ex-senador Cássio Cunha Lima. Enfraquecido com a derrota de sua principal liderança nas eleições de 2018, o PSDB deve perder o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, que não esconde de ninguém o desejo de deixar a legenda, o deputado estadual, Tovar Correia Lima, que também fala abertamente do assunto. Além do ex-presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos Vinícius, que já se mostrou insatisfeito com a atual legenda várias vezes.

Um dos supostos responsáveis pela revoada é o deputado federal, Ruy Carneiro, presidente do partido que é considerado internamente um nome com pouca simpatia da maioria dos tucanos.

Deixe uma resposta